Queridinhas desta e de outras temporadas, a modelagem flare voltou à moda com a proposta de alongar a silhueta, deixando o visual moderno e versátil.
Em calças, o cós médio e alto permite melhor definição das curvas. Diferente da boca de sino, a flare somente começa a se abrir em torno da altura dos joelhos, o que provoca a sensação de alongamento e equilíbrio.



Este modelo valoriza todos os tipos de corpos e, variando na combinação, conseguimos criar looks casuais e também formais. Para um look formal, combine com blusas leves por dentro da calça e caso queria adicionar um toque fashionista, experimente usar um blazer de forma que sua barra fique mais baixa que a altura da calça. Para compor um look casual, as t-shirts são as mais votadas, seja por dentro da calça ou por fora, com uma amarração lateral.
Outra dica para usar este modelo são os sapatos de salto alto, eles ajudarão a alongar a silhueta desde que a barra cubra o sapato, mas sem arrastar no chão, sendo uma dica válida principalmente para mulheres baixas.
Para os tamanhos plus-size, a calça flare é o modelo mais indicado para equilibrar as coxas grossas e quadris largos. Esqueça a máxima de que as cores sóbrias são as mais indicadas: quebre as regras e vista a cor que se sentir bem!




Para o inverno 2018 o alvo foram as mangas flare que fizeram muito sucesso na década de 70 compondo looks confortáveis e com muito movimento.
Nos mais variados tecidos, a manga flare é queridinha pelas mulheres de estilo romântico, sem deixar a elegância de lado.
Modelos em renda são atemporais, pois a agrada a maioria das mulheres aplicando novas possibilidades ao tradicional.
Por ser uma peça que cria volume na parte superior nós indicamos pensar em peças skinny para a parte inferior, dessa maneira haverá equilíbrio na composição como um todo.